QUANDO O AMOR ESCOLHE EM VOCÊ

O movimento cósmico é espaço livre de co-criação eterna.

 

E a VIDA que sente e percebe-se LUZ chamamos CONSCIÊNCIA LUMINOSA.

 

Desde sempre é o que você é: CAMPO DE LUZ.

 

A LUZ que não se apaga!

 

O ESPIRITO que escolhe ser humano!

 

O caminhante, o caminho, o caminhar!

 

Por séculos e séculos os SERES esqueceram-se de quem são em corpo humano! E o combinado é esse....    

 

Por séculos vivenciaram a dualidade de dois mundos, a separação entre CORPO e ALMA, SAGRADO e PROFANO, CERTO e ERRADO, BEM e MAL, FEMININO e MASCULINO, e seja qual for a cisão refere-se a  vivência dos contrastes!

 

E quando essa escolha é imersa no esquecimento, os humanos começam a supor que a comunicação com ESPIRITOS refere-se à utilização de ENTIDADES EXTERNAS como responsáveis de dizer o que fazer, e qual caminho seguir.   

 

A ESPIRITUALIDADE que somos nós, ou as matizes infinitas de escuridão a luz, potencialmente vivenciadas por nós, tornou-se responsabilidade de ENTES EXTERNOS!

 

Assim a prudência começou a caminhar do medo ao pavor, pela nutrição de sistemas opressivos detentores da palavra de um Deus que castiga, a quem não obedece a suas regras doutrinárias e absolutistas.

 

 Isso nada a tem a ver com o SISTEMA DE DEUS! E esse SISTEMA é incompreensível na dualidade!

 

E não é a toa que nosso momento de transição pareça tão confuso aos que escolhem lembrar-se de QUEM SÃO em corpos humanos!

 

Esses sistemas doutrinários não funcionam mais.

 

E não é a toa que a BUSCA por DEUS, a BUSCA ESPIRITUAL, a busca da ASCENÇAO, hoje é implementada pela maioria dos seres humanos, que vive em nossa dimensão Terra, independente da diversidade que ela é realizada no momento!

 

Você já se perguntou se é possível abandonarmos qualquer tipo de sistema doutrinário? E fora desses sistemas o que lhe dá um grande medo? Você sair de sua dimensão, de sua realidade, da compreensão desses sistemas doutrinários que lhe confortam e lhe acomodam, como ser tridimensional?

 

Na tridimensionalidade é como se o falecido viesse do além. Tantos medos que foram condicionando os seres humanos da superfície! Com você não é diferente!

 

E em espaços interdimensionais o tempo não existe!  E onde o tempo não existe como falamos de “vidas passadas”? Como falamos de futuro?

 

Entramos nos CAMPOS criados pelo medo, para sairmos renovados, integros, cientes que não necessitamos nos ligar mais a isso! Podemos fazer novas escolhas. Podemos escolher o AMOR!

 

Quando você escolhe o AMOR é ESCOLHIDO como canal, em qualquer atividade que resolva implementar! Você entra na interdimensionalidade, e pode encontrar as estruturas cristalinas gravadas de cada encarnação. 

 

Você pode captar a da sua própria linhagem e facilitar o processo para cura de quem procura integrar-se em corpo humano. É muito semelhante ao que você faz desde sempre. Lembra-se?

 

E o que lhe impede de perceber que vivencia dimensões interdimensionais? O sistema de crenças que adota! A hierarquização de um Deus que está fora de si mesmo, e mora em algum lugar! Alguém que é RESPONSÁVEL por tudo que há, e você um instrumento dos seus caprichos!

 

E são os SERES HUMANOS que despertam que encontram suas sementes divinas, é que podem abrir as portas para que a luz brilhe através de si mesmo. 

 

E VOCÊ é a ÁNCORA. É você que escolhe ANCORAR A LUZ onde sente e percebe necessidade!

 

É sua escolha de ancorar luz que faz esse momento de transição e de mudanças serem mais suave, mais tranqüilo, mais harmonioso  mais compassivo, mais amoroso!

 

São apenas memórias de momentos dolorosos! Deixe vir, deixe ir!

 

Quando você escolhe o AMOR, escolhe confiar na VIDA que vivifica a humanidade em você. E você pode quando escolhe co-criar outras estórias, outro passado, outro futuro, no momento que é o que é.....você!  

 

Você pode encontrar a face de Deus/Deusa  no olhar de um ser humano que lhe sorri?  Você pode escolher ser o canal desse amor!
 
OM SHANTI OM
 
Katryna